• ENTRAR
  • Nenhum produto no carrinho.

Mediação empresarial: 5 benefícios que você precisa saber

Um processo judicial pode demandar anos com o embate na justiça e muito dinheiro gasto em custos processuais, honorários e sucumbência. Com o Código de Processo Civil de 2015, uma outra modalidade de resolução de conflitos voltou a ficar em evidência: a mediação empresarial.

Neste método, uma terceira pessoa, imparcial, conduz a conversa entre as partes, em uma tentativa de identificar pontos em que a relação delas é conflitante e promover negociações para resoluções consensuais entre elas.

Conflitos são naturais em todas as relações. Apesar deste formato ser mais informal que o judicial, ele é legítimo, tanto como uma forma de solução independente quanto como uma etapa do processo judicial, trazendo uma série de benefícios para as empresas. Confira alguns deles a seguir!

Agilidade na resolução de conflitos

Enquanto um processo judicial pode levar anos com todas as formalidades, na mediação empresarial é possível resolver um conflito em poucos meses. Devido ao seu caráter dialógico, ela pode ser conduzida no ritmo das partes, até que entrem em acordo.

Economia

Por ser informal, o gasto será apenas com os honorários do mediador, sem custos processuais. Além disso, são evitadas longas batalhas judiciais, que significariam gastos por anos, além da possibilidade da parte perdedora dever grandes quantias de dinheiro à outra parte e seu advogado.

Facilitação do diálogo

O mediador é alheio ao conflito e imparcial. Ele não escolhe uma parte vencedora, sendo apenas um administrador do conflito. Seu papel é facilitar o diálogo e conduzir a um acordo que satisfaça ambos. Nesta modalidade, as partes, que são quem mais conhecem dos problemas e desafios, detêm o poder de decisão. Um de seus princípios é justamente a autonomia em relação aos rumos da negociação.

Confidencialidade

A confidencialidade é outro princípio que orienta a prática da mediação empresarial. Ambas as partes têm liberdade de expressar opiniões e informações acerca do negócio, além de discutir tudo de forma aberta, mostrando seus reais interesses e preocupações.

Diferente do processo judicial, na mediação empresarial é importante preservar a confidencialidade. Assim, não são anunciados no mercado os termos negociados. E não se preocupe, depois o mediador não poderá atuar como testemunha em um processo judicial, se vier a acontecer.

Manutenção do relacionamento entre as partes

A mediação empresarial incentiva o diálogo entre as partes. Permite que ambos exponham o ponto de vista e possam perceber o ponto do conflito. Na gestão do conflito, as partes se conscientizam de seu papel nele. A condução para que, juntos, encontrem a solução adequada, ajuda a melhorar o relacionamento entre os envolvidos, inclusive possibilitando novas parcerias. O conflito não necessariamente acabará em briga ou com um perdedor.

Além da legislação atual oferecer segurança jurídica às mediações, o acordo pode ser executado judicialmente em caso de descumprimento. A prática da mediação empresarial, que já era amplamente utilizada em outros países, finalmente regulamentada no Brasil com o novo Código, incentiva o seu uso. Viu como é importante pensar o Direito para além do Judiciário?

E então, este artigo sobre mediação empresarial foi útil para você? Não se esqueça de compartilhá-lo com os seus amigos nas redes sociais!

Comentários

Comentários

17 de novembro de 2016

0respostas em "Mediação empresarial: 5 benefícios que você precisa saber"

Deixe sua mensagem

Instituto Diálogo

O ID é uma instituição referência no Brasil e na América Latina para o desenvolvimento de competências e habilidades dos profissionais do direito.

Contato

[email protected]

Atendimento: Seg - Sex (09h às 18h).



Endereço

BRASIL

Rua Álvaro Alvim, nº 48/408.

Centro - Rio de Janeiro - RJ

CEP: 20.031-010

EUA (Escola Internacional de Mediação)

37N Orange Ave, Suite 500.

Orlando - FL

ZIP: 32801

INSTITUTO DIALOGO BRANCATodos os Direitos Reservados © Instituto Dialogo.
Site produzido por T1site
X