• ENTRAR
  • Nenhum produto no carrinho.

Supersimples pode fomentar o empreendedorismo na advocacia

A recente aprovação e sanção das novas regras do chamado Supersimples promete transformar substancialmente o mercado da advocacia. Pelo disposto no texto sancionado, as regras só são válidas a partir de 2015, então os advogados têm pouco tempo para se prepararem para o que virá.

O Supersimples não significa apenas que os advogados poderão recolher menos impostos e de forma mais desburocratizada. Ele veio acompanhado de novas medidas para facilitar a abertura de pessoas jurídicas e, no caso da advocacia, isto significa uma tendência à ampliação do número de escritórios. Segundo a Ordem dos Advogados do Brasil, a expectativa é que este número triplique em poucos anos, o que evidencia o impacto que esta política governamental terá no mercado do direito.

A abertura expressiva de escritórios de advocacia permitirá que muitos profissionais do direito formalizem suas atividades, até porque teriam menos gastos tributários do que se atuassem como autônomos nos processos. A aposta é que os advogados estarão mais propensos e abertos a investir seu tempo e recursos na estrutura física do escritório e passarão a ter uma maior preocupação em se profissionalizarem.

Isto quer dizer que o mercado estará mais aberto ao empreendedorismo, isto é, à capacidade de se estabelecer, de maneira criativa e útil, diversas ações e estratégias para oferecer serviços jurídicos. Obviamente, a procura por atualização de conteúdos continuará e teremos mais advogados buscando cursos de direito civil, penal ou constitucional. Porém, de forma inédita no país, a procura não vai parar por aí e teremos cada vez mais advogados buscando se capacitar em gestão, liderança, marketing jurídico, relacionamento com cliente, planejamento estratégico, etc.

De fato, abrir um escritório é tão complexo quanto manter um escritório, e nas faculdades de direito não há qualquer iniciativa de ensino interdisciplinar que prepare o aluno para ser um advogado empreendedor. O empreendedorismo envolve uma dose equilibrada de risco, gestão, confiança, negociação e visão de futuro, que são elementos ignorados nas faculdades de direito, mesmo naquelas que se dizem inovadoras.

Talvez a alteração advinda com o Supersimples provoque uma transformação estrutural no ensino do direito – ainda bastante tecnicista e disciplinar – rumo ao desenvolvimento de competências e habilidades essenciais para ser um advogado na prática. As faculdades precisam ensinar e praticar o empreendedorismo, negociação, qualidade e liderança para que o profissional do direito realmente possa desenvolver diversas competências e habilidades em qualquer carreira que queira seguir, especialmente na advocacia.

O que esperar dos próximos anos? Um mercado cada vez mais profissionalizado e competitivo, com advogados que buscarão suprir as deficiências que as faculdades de direito possuem e que se dedicarão a ser empreendedores interdisciplinares. Este talvez seja um dos raros exemplos em que, através de uma norma, se pode alterar a sociedade.

Gostou deste artigo? Comente e compartilhe em suas redes sociais.

Aproveite para conhecer mais os cursos, coachings e consultorias do Instituto Diálogo. Faça parte desta nova geração de profissionais do direito de sucesso. Acesse: www.institutodialogo.com.br

Autor: Felipe Asensi

Diretor do Instituto Diálogo, Pós-Doutor em Direito e Professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Publicado em www.felipeasensi.com.br (25/11/14)

9

Comentários

Comentários

0respostas em "Supersimples pode fomentar o empreendedorismo na advocacia"

Deixe sua mensagem

Instituto Diálogo

O ID é uma instituição referência no Brasil e na América Latina para o desenvolvimento de competências e habilidades dos profissionais do direito.

Contato

[email protected]

Atendimento: Seg - Sex (09h às 18h).



Endereço

BRASIL

Rua Álvaro Alvim, nº 48/408.

Centro - Rio de Janeiro - RJ

CEP: 20.031-010

EUA (Escola Internacional de Mediação)

37N Orange Ave, Suite 500.

Orlando - FL

ZIP: 32801

INSTITUTO DIALOGO BRANCATodos os Direitos Reservados © Instituto Dialogo.
Site produzido por T1site
X